Curta a nossa página!

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Mensagem.


Dia das mães - Carteira de flores.

Material utilizado:
EVA várias cores e estampado
cola quente
apliques no formato de coração (2 tamanhos) em EVA
barrado amarelo
velcro
flores em EVA
flores recortadas de revistas
adesivo de flores
flores feita de origami
Para fazer a carteira corte um retangulo do tamanho de um sulfite e meio, para as alças corte arcos do diâmetro que desejar e parte interna da alça use para a fazer a frente da carteira. Faça o acabamento com os coraçõezinhos e o barrado.
Montagem do cartão:
As página foram impressas frente e verso conforme o esquema: A+B; C+D e E+F, dobradas e grampeadas ao meio. Em cada vasinho as crianças colocaram uma flor que foi cortada de alguma revista, feita de origami, aplique em EVA ou desenhada por elas. Também decoraram os coraçõezinhos pintando ou contornando com canetinha.





A

B

C

D

E

F




Adorei suas sugestões e você está de parabéns pelo seu blog, gente quem tiver um tempinho dê uma passadinha no blog de nossa amiga, esse blog é show.
Fonte: Diva´artes.

Dia das mães.

Material utilizado:
EVA marrom
EVA estampando
florzinhas de tecido diversos modelos
tinta PVA vermelho e preto
cola quente
argola de acrílico
aplique em formato de coração (2 tamanhos) em EVA
barrado amarelo
Modo de fazer: Para o vestidinho corte somente a parte do corpo e utilize o barrado para fazer as alças e os corações para o acabamento. Para prender a argola, faça um retangulo e prenda por baixo do vestinho.






Molde da bonequinha.


Fonte: Diva´rtes.

Mais uma lembrancinha - mães.

FLOR - DIA DAS MÃES.
Material utilizado:
EVA rosa e verde
palito de churrasco
cola quente
fita floral verde
bombom
Enrole a fita floral no palito de churrasco. Outra opção é usar papel crepom cortando em tirar para serem enroladas no palito. Faça um quadrado menor com o EVA verde e com o palito, já encapado faça um furo no meio, esse quadrado ajudará na colagem do palito na flor. Corte o quadrado da flor cole as partes internas conforme mostra nas fotos 4, 5 e 6.













Fonte: Diva´rtes.

Lembrancinha para as mães.









Fonte: Cantinho Lúdico.

Jogo da Velha Em Feltro.


Esse jogo também encontrei no blog 1001 Feltros.

Dados de Feltro.


Confecção de Luciana Ferreira Damiano, de Recife - blog 1001 feltros.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Lembrancinhas Dia das Mães.

Ótimas idéias - dia das mães.


















Lembrancinhas Dia das Mães.

Olha que linda...






PROFISSÕES.


Dia do Trabalho.

DIA DO TRABALHO - 1º de Maio

TEXTO INFORMATIVO :

O Dia do Trabalho é comemorado em quase todo o mundo. No dia 1º de maio, os trabalhadores e seus representantes se reúnem para comemorar a data escolhida para lembrar a prisão, morte e violência com que a polícia atacou centenas de trabalhadores na cidade de Chicago, Estados Unidos em 1º de maio de 1886.

Dia do Trabalho - Imitando as profissões

• Em roda de conversa utilizar a mímica para cantar a canção ou ler os versos. Vão-se mudando o nome das profissões e fazendo gestos enquanto cantam.
• Comentar sobre cada personagem das canções, apresentando o nome da profissão. Fazer um levantamento do conhecimento prévio dos alunos, perguntando: O que ele faz? Em que lugar trabalha? O que utiliza em seu trabalho? Listar os nomes das profissões no quadro.
• Pedir aos alunos que façam um desenho sobre a profissão de que mais gostam.

VAMOS CANTAR:

Passa, passa gavião
Todo mundo é bom!
A costureira faz assim
A costureira faz assim,
Assim, assim, assim, assim!
Passa, passa gavião
Todo mundo é bom!
O motorista faz assim
O motorista faz assim,
Assim, assim, assim, assim!
Passa, passa gavião
Todo mundo é bom!
A professora faz assim
A professora faz assim,
Assim, assim, assim, assim!
(médico/piloto/dentista/etc.)


Livro das profissões
• Em roda de conversa perguntar aos alunos qual a profissão de seus pais. Escreva no quadro, com letra de imprensa maiúscula.
• Comentar com a turma sobre cada profissional: O que ele faz? Em que lugar trabalha? O que utiliza em seu trabalho? Perguntar que outras profissões eles conhecem e explicar como cada uma delas contribui para a vida em sociedade. Trabalhar o sentido de utilidade das profissões e satisfação pessoal no trabalho, como valor.
• Elaborar com os alunos o Livro das Profissões para que possam registrar por meio de desenhos ou palavras, as profissões de seus pais, aquelas de que mais gostam e as demais, com seus objetos e ferramentas principais. Se for preciso, o professor pode atuar como escriba dos alunos.
Livro das profissões
  • Sentados em roda, motivar os alunos para a brincadeira.
  • A professora diz: "Estou pensando em alguém que faz pão".
  • Os alunos tentam adivinhar e dizer o nome da profissão.
  • Quando alguém acertar, a professora deve escrever na lousa/quadro o nome da profissão, em letra de imprensa maiúscula.
    O jogo continua, com o aluno seguinte, na roda.

Sugestões:
*Apaga o fogo; vende jornal; trabalha na feira; pinta casas; conserta sapatos; cuida dos doentes;
*Faz comida; ensina crianças etc.
............................................
SUGESTÃO: Discuta a questão do trabalho infantil com seus alunos.
· Pergunte aos alunos se eles conhecem alguma criança que trabalha. Se ela estuda também ou só trabalha.
· Questione-os a respeito do que acham ser o correto: trabalhar ou estudar?

Trabalho Infantil _ TEXTO INFORMATIVO
A Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente proíbem o trabalho infantil no Brasil. Mas, mesmo assim, no País existem 2,9 milhões de crianças trabalhando. Existem no mundo em torno de 250 milhões de crianças entre 5 e 14 anos que trabalham, segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT).No Brasil, a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) proíbem o trabalho infantil. Mas, infelizmente, existem 2,9 milhões de crianças de 5 a 14 anos de idade empregados em lavouras, carvoarias, olarias, pedreiras, mercado informal e atividades domésticas. As meninas representam um terço deste número. E mais de 50% desses menores não recebem nenhum tipo de remuneração.Informações produzidas pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 1999 (PNAD) revelam que a mão-de-obra infantil está mais concentrada em pequenos empreendimentos familiares, especialmente no setor agrícola. Em 1999, a atividade agrícola detinha 80,4% das crianças ocupadas de 5 a 9 anos de idade e 63,2% das ocupadas de 10 a 14 anos de idade.De 1995 para 1999, de acordo com a pesquisa, a proporção de crianças ocupadas no contingente de 5 a 14 anos de idade passou de 14,5% para 11,8% entre os meninos e de 7,8% para 6,0% entre as meninas.
Fonte Tia Fabiola, o Blog dela é um show... Vale a pena visitar.

Profissões.

Trabalhando com as Profissões - DIA DO TRABALHO

OS FANTOCHES SÃO UM OTIMO RECURSO!


Com base num debate bastante interessante e animado que ocorreu na sala de actividades surgiu a pergunta: “O que queres ser quando fores grande?”
As sugestões foram diversas, interessantes e algumas surpreendentes: (Princesas, cabeleireiras, polícias, bombeiros, bailarinas, jogadores de futebol e até muito simplesmente apenas ser MÃE.
Depois de tanta variedade há que descobrir e aprender tudo sobre a tua profissão preferida. Vamos começar?
....................................................
O que se pretende com este trabalho é que cada criança conheça pormenorizadamente as profissões, quem faz o quê, como se chama determinado tipo de trabalho e que utensílios são precisos para cada profissão.
Pretende-se ainda analisar as diferenças e as semelhanças de cada profissão.
Apenas serão abordadas mais detalhadamente as profissões escolhidas pelas crianças em : “O que queres ser quando fores grande?”
.......................................................


1. Verificar, discutir no grande grupo quais as profissões que vamos explorar.
2. Divisão em pequenos grupos de crianças de acordo com as profissões seleccionadas. Ex.: O grupos dos bombeiros, cabeleireiros, polícias, etc..
3. Cada grupo terá de pesquisar e responder a quatro simples questões sobre a sua profissão:
· O que já sei ?
· O que quero saber?
· Como vou saber?
· O que aprendi?
Fonte- Tia Fabiola.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Folheados