Curta a nossa página!

sábado, 11 de junho de 2011

PASSO A PASSO CATAVENTO.

Antes de começar, tenha certeza de que tem em mãos todos os materiais
Antes de começar, tenha certeza de que tem em mãos todos os materiais
1º passo - Lave bem a garrafa e retire a cola do rótulo com solvente. Depois, risque os locais que serão cortados com o estilete
1º passo - Lave bem a garrafa e retire a cola do rótulo com solvente. Depois, risque os locais que serão cortados com o estilete
2º passo - Retire o fundo da garrafa, cortando com a tesoura
2º passo - Retire o fundo da garrafa, cortando com a tesoura
3º passo - Abra a garrafa verticalmente
3º passo - Abra a garrafa verticalmente
4º passo - Corte o bocal com a tesoura
4º passo - Corte o bocal com a tesoura
5º passo - Dobre uma das pontas do meio da garrafa, formando um triângulo
5º passo - Dobre uma das pontas do meio da garrafa, formando um triângulo
6º passo - Corte a parte dobrada com a tesoura e ignore o excesso de garrafa
6º passo - Corte a parte dobrada com a tesoura e ignore o excesso de garrafa
7º passo - Abra o triângulo, formando um quadrado. Com a tinta vermelha, pinte as quatro pontas do quadrado
7º passo - Abra o triângulo, formando um quadrado. Com a tinta vermelha, pinte as quatro pontas do quadrado
8º passo - Faça um risco de cada cor em cada ponta do quadrado, terminando com a tinta azul. Espere secar
8º passo - Faça um risco de cada cor em cada ponta do quadrado, terminando com a tinta azul. Espere secar
9º passo - Vinque o quadrado no sentido oposto ao do primeiro vinco, marcando o meio da peça
9º passo - Vinque o quadrado no sentido oposto ao do primeiro vinco, marcando o meio da peça
10º passo - Com o furador, fura o meio do quadrado
10º passo - Com o furador, fura o meio do quadrado
11º passo - Fure também as quatro pontas do quadrado
11º passo - Fure também as quatro pontas do quadrado
12º passo - Pinte cerca de 4 cm do palito chinês com a tinta vermelha
12º passo - Pinte cerca de 4 cm do palito chinês com a tinta vermelha
13º passo - Fure a outra extremidade do palito chinês
13º passo - Fure a outra extremidade do palito chinês
14º passo - Corte 7 cm das 4 pontas do quadrado, levando a tesoura em direção ao centro da peça
14º passo - Corte 7 cm das 4 pontas do quadrado, levando a tesoura em direção ao centro da peça
15º passo - Este é o resultado do 15º passo; está quase acabando
15º passo - Este é o resultado do 15º passo; está quase acabando
16º passo - Encaixe o rebite no furo central do quadrado
16º passo - Encaixe o rebite no furo central do quadrado
17º passo - Dobre cada ponta furada, encaixando-as no rebite para formar o catavento
17º passo - Dobre cada ponta furada, encaixando-as no rebite para formar o catavento
18º passo - Bata o rebite com a rebitadeira sem retirar o prego
18º passo - Bata o rebite com a rebitadeira sem retirar o prego
19º passo - Certifique-se de que a peça está assim, antes da próxima etapa
19º passo - Certifique-se de que a peça está assim, antes da próxima etapa
20º passo - Corte o canudo de plástico e encaixe-o no furo do palito chinês
20º passo - Corte o canudo de plástico e encaixe-o no furo do palito chinês
21º passo - Encaixe o canudo no prego do rebite e vire a ponta com o alicate para fixar
21º passo - Encaixe o canudo no prego do rebite e vire a ponta com o alicate para fixar
E está pronto o catavento. Agora é só ir para a rua, ou janela, e se divertir
E está pronto o catavento. Agora é só ir para a rua, ou janela, e se divertir.
FONTE SETOR RECICLAGEM.

2 comentários:

  1. CARTA ABERTA À SOCIEDADE
    Nós, Agentes Auxiliares de Creche, trazemos por meio desta Carta Aberta à Sociedade, o conhecimento das dificuldades que enfrentamos no dia-a-dia em relação ao cumprimento de nossas atribuições e na promoção do bem estar das crianças matriculadas na educação Infantil, nas creches do Município do Rio de Janeiro, que permanecem sob nossa guarda no período de oito a dez horas, diariamente.
    Prestamos concurso para o cargo Agente Auxiliar de Creche da Cidade do Rio de Janeiro, em que o nível de escolaridade exigido para o concurso foi o nível fundamental. O edital conjunto SME/SMA Nº. 08, de 24 de julho de 2007 do concurso relatava que em nossas atribuições básicas ou específicas, teríamos que participar com e auxiliar o "educador" nas atividades das rotinas diárias.
    O que encontramos como realidade é bem diferente da redação de nossas atribuições inerentes ao cargo para o qual prestamos concurso. Na prática, não temos a presença do educador em sala e o número de agente auxiliar de creche por turma não corresponde a real necessidade de 25 crianças. Que precisam de apoio em sua higiene básica; serem protegidas para que não sofram acidentes e orientadas pedagogicamente para o seu perfeito desenvolvimento psicofísico.
    Várias são as possibilidades de pequenos acidentes acontecerem diariamente, por ter apenas um agente, sozinho, tomando conta de muitas crianças por uma ou duas horas. Ficando, também sob a responsabilidade deste mesmo agente, a elaboração e execução do planejamento pedagógico, bem como a avaliação do desenvolvimento de sua turma.
    Nós, agentes auxiliares de Creche, nos sentimos em desvio de função, sem qualificação para tal e sem estarmos recebendo o real valor para que estejamos executando esta função.
    Apesar de fazermos parte do Proinfantil (Programa de Formação Inicial para Professores em Exercício) que é exclusivo para Professores Leigos, o Município do Rio de Janeiro não nos considera profissionais do Magistério.
    O Proinfantil chegou para regularizar a situação do Município do Rio de Janeiro em relação à LDB e assim poder receber os recursos do Fundeb/Fundef e Banco Mundial.
    Sem mais, subscrevemo-nos acreditando que juntos podemos desenvolver uma verdadeira educação que faça a diferença neste país tão assolado pelo descaso com a educação de seu povo.
    AGENTES AUXILIARES DE CRECHE.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Folheados