Curta a nossa página!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

CONVIVENDO COM AS DIFERENÇAS!!!

DOIS COELHINHOS DIFERENTES

Fabiana Machado

Num lugar distante, bem longe daqui, viviam dois coelhinhos um pouco diferentes dos demais.

O primeiro coelhinho tinha patas muito grandes e sentia muita raiva por elas serem assim, pois os outros coelhinhos viviam implicando com ele:

— Nooooossa, que patas enormes! Há, há, há!

O segundo coelhinho tinha orelhas muito pequenas e sentia muita raiva por elas serem assim, pois os outros coelhos sempre implicavam com ele:

— Nooooossa, que orelhinhas pequenininhas!!! Há, há, há!

Na aldeia em que eles moravam havia também muitos gatinhos. Uns maiores, outros menores, e de todas as cores!

Só que na família dos gatinhos todos podiam ter patas menores ou patas maiores. Também podiam ser mais peludos ou menos peludos. Não sentiam raiva, pois ninguém se incomodava com isso e ninguém falava nada.

Mas na família dos coelhinhos não era assim. Todos os dias, alguém fazia troça com eles:

— Lá vai o patudo!

— Lá vai o orelhinha!

O coelhinho de pé grande e o coelhinho de orelha pequena ficaram amigos e andavam sempre juntos, bem longe dos outros coelhos.

Um dia, a vovó gatinha percebeu que eles andavam sempre sozinhos e os convidou para morar com ela e seus netinhos. Os coelhinhos, muito felizes, aceitaram.

Com a nova família, eles não foram mais discriminados, e até aproveitaram as diferenças para ajudar os novos irmãozinhos.

O coelhinho de pés grandes carregava vários gatinhos de uma só vez nos seus pés, e o coelhinho de orelhas pequenas ouvia melhor que os outros, além de ser mais veloz. Assim, quando um gatinho estava em apuros, ele era sempre o primeiro a chegar para socorrê-lo.

Então, as famílias dos dois coelhinhos sentiram muita saudade deles, e entenderam que haviam errado, caçoando da aparência dos dois sem perceber que, apesar das diferenças, eles eram coelhinhos, como todos os outros.

Pediram desculpas e chamaram os coelhinhos de volta para suas casas. Mas eles gostavam tanto dos gatinhos que não conseguiam mais se separar. Eram como irmãos!

Então, vovó gatinha teve uma grande idéia: os coelhinhos ficavam cada mês na casa de uma família: ora com os gatinhos, ora com os coelhinhos, e assim viveram muito felizes, por muuuuuuuuuuuito tempo!

fonte: Marta Bernardes / PROFESSORES SOLIDÁRIOS.

4 comentários:

  1. Olá.
    Adorei seu blog, muito legal.
    Divulguei sua postagem no Blog "Teia educação"
    Se quiser que eu divulgo novamente basta me dar um toque lá.

    Até mais e parabéns pelo trabalho

    ResponderExcluir
  2. Achei excelente o tema convivendo com as diferenças, trabalho com crianças não evangélicas do ensino fundamental, e irei trabalhar com eles sobre diferenças e usarei este material. bjs e que deus continue te abençoando miiiiiito1

    ResponderExcluir
  3. Achei excelente o material convivendo com as diferenças,usarei nas minhas de ensino religioso, no ensino fundamental, o tema é muito importante e está relacionado ao bulling, valeu Bjs, continue sendo benção

    ResponderExcluir
  4. Tudo muiiito FoFooo! Ameiii...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Folheados