Curta a nossa página!

sábado, 10 de dezembro de 2011

CONTO INFANTIL - NATAL MARCIANO COM ATIVIDADES.


NATAL MARCIANO: ATIVIDADES 4ª SÉRIE (5ºano)...


Natal Marciano
(CONTO INFANTIL)

Um marciano verde e aventureiro perdeu o rumo de casa e desceu por engano na sala da casa de Pedro. Ele mesmo e intitulava de “Pedro, Pedrinho, Pedroca”,garoto esperto que falava pelos cotovelos. Tantas palavras ele tinha que dava até desespero.
O marciano, verde e aventureiro, examinando a casa, foi logo perguntando:
– O que é aquilo que pisca?
– Uma árvore de Natal, respondeu Pedro, acrescentando:
Natal de nascimento...Natal de aniversário... Natal de começo,sabe? (falava pelos cotovelos...)
– Sei... mas... não sei...
– Eu explico. (Para que? Coitado do marciano!) Natal é uma festa popular da Terra que acontece quase no final de cada ano. Não deveria ser uma festa, deveria ser uma celebração, da possibilidade de ter existido entre nós um ser humano perfeito, um ser humano de verdade, sem defeito de fábrica chamado Jesus Cristo, entende?
– Mais ou menos, mas por que celebração e não festa? Festa é mais maneiro.
– Você até parece humano e eu Pedro, o marciano! Sua mãe não lhe ensinou? Na festa o homem se perde e na celebração ele se encontra. Cara verde, celebrar significa que a vida é muito mais que uma simples rotina. Significa que as coisas podem ser mais que o sol que se levanta, se senta e se deita; mais que a lua que um dia é uma bola cheia e no outro dia uma bola vazia. Significa que a vida pode ser mais que estudar, trabalhar, ganhar dinheiro e se cansar e depois, trabalhar, estudar, se cansar, ganhar dinheiro e morrer.
– Nossa! Eles não sabem disso? E a festa de Natal de vocês Pedrinho, como se passa?
– Não se passa, acontece há 2.010 anos e é assim: No início de dezembro as pessoas começam a ficar enlouquecidas. Começam a comprar sem parar. Compram presentes para outras pessoas e para si mesmos e aí, vão piorando, entram e saem dos shoppings carregadas e apressadas, cansadas e desesperadas, inventam árvores, bolas, ceias e vão piorando até chegar o dia 24. Outras enfeitam as ruas, e as janelas com luzinhas que piscam, preparam pessoas para se vestirem de Papai Noel – velhinhos de barba branca e grandes barrigas que deveriam distribuir presentes mas só carregam sacos vazios, quando muito umas balinhas); armam presépios (cada vez menos), mas não sabem direito o que estão comemorando.Outras, esperam o dia 24 para a tão falada ceia e aí comem tudo que sonharam comer o ano todo numa só noite e depois ficam doentes. Existem também aquelas pessoas (que são maioria) e que ficam apenas olhando tudo isso com profunda tristeza porque são tão pobres que não tem dinheiro para comprar alguma coisa nem mesmo para comprar comida. E, ainda existem outras pessoas que ficam decepcionadas por ver como o homem cria facilmente seu mundo de fantasia e se muda para ele sem se dar conta de nada.
– Então, isso é o Natal de vocês? Fala sério, cara bege.
– Falo sério, cara verde. E o Natal de vocês, como é?
– O Natal é bem diferente e mais simples. Ele acontece todos os dias quando nasce uma criança. Neste momento, nosso coração fica tão verde de emoção que saímos pela rua abraçando as pessoas e distribuindo clorofila (crianças marcianas nunca foram abandonadas ou passaram fome) e fazemos isto por puro amor e quando nos damos as mãos diante deste milagre, recriamos a vida e renascemos lindos e verdes de novo.
Maria H. Sleutjes
Fonte do Texto:
http://www.correiolageano.com.br/lendoerelendo/arquivos/28-12-2009_16-59.pdf

1) Interpretação:
a) O texto apresenta:
( ) discurso direto ( ) discurso indireto

***Justifique:

b) Onde acontece a história?

c) Explique a frase:
“na festa o homem se perde e na celebração ele se encontra.”

d) Pinte o parágrafo que mostra o consumismo durante a época do Natal:
*** Ganhar presentes é bom, mas qual deve ser nossa maior preocupação no Natal?

e) Copie a frase que Pedro fala como passam a “maioria” das pessoas no Natal:
***Que sentimento você tem em relação a isto? Comente:

f) Ilustre como é o Natal do marciano:

g) Para que exista um Natal igual para todos, qual a virtude que devemos colocar em prática durante o ano?

h) Liste atitudes suas que revelam a preocupação em fazer Natal todos os dias do ano:

i) Produção Textual: Oração de Natal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Folheados