Curta a nossa página!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

JUSTIÇA E AMOR

ENQUANTO ALIMENTAMOS O MAL EM NOSSOS PENSAMENTOS, PALAVRAS E AÇÕES, ESTAMOS SOB OS CHOQUES DE RETORNO DAS NOSSAS PRÓPRIAS CRIAÇÕES, DENTRO DA VIDA.
AS DORES QUE RECEBEMOS SÃO A COLHEITA DOS ESPINHOS QUE ARREMESSAMOS. 
AGORA OU AMANHÃ, RECOLHEREMOS SEMPRE O FRUTO VIVO DE NOSSA SEMENTEIRA.
SÓ O AMOR É BASTANTE FORTE PARA LIBERTAR-NOS DO CATIVEIRO DE NOSSOS DELITOS. 
A JUSTIÇA EDIFICA A PENITENCIÁRIA.
O AMOR LEVANTA A ESCOLA.
A JUSTIÇA TECE O GRILHÃO.
O AMOR TRAZ A BÊNÇÃO.
QUEM FERE A OUTREM ENCARCERA-SE NOS EFEITOS LAMENTÁVEIS DA PRÓPRIA ATITUDE.
QUEM PERDOA ELEVA-SE.
TUDO É FÁCIL PARA QUEM CULTIVA A FRATERNIDADE, PORQUE O AMOR LIBERTA E FELICITA.
APRENDAMOS DESCULPAR SEMPRE, PORQUE O CÉU DA LIBERDADE OU O INFERNO DA CONDENAÇÃO RESIDEM NA INTIMIDADE DE NOSSA PRÓPRIA CONSCIÊNCIA.

EMMANUEL - MÉDIUM CHICO XAVIER. 
LIVRO: INDULGÊNCIA (EXTRATO DO TEMA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Folheados