Curta a nossa página!

domingo, 28 de junho de 2009

PROJETO RÓTULOS E EMBALAGENS NA ALFABETIZAÇÃO

PROJETO RÓTULOS E EMBALAGENS NA ALFABETIZAÇÃO

Título

Aprendendo a ler embalagens e etiquetas

Autora

Suzana Mesquita Moreira Professora, coordenadora pedagógica e formadora de professores sumesquita@uol.com.br

TURMA

Educação Infantil e 1ª série do Ensino Fundamental

DURAÇÃO

1 semana

Por que ensinar a ler etiquetas e embalagens?

As etiquetas e embalagens são portadores de textos que cumprem a função de informar. Dizem a composição do produto, que cuidados são exigidos para seu funcionamento e manutenção, data de validade, modo de usar e de armazenar o produto... Veiculam textos escritos curtos e utilizam imagens.

Ser capaz de compreender esses textos é fundamental para o exercício da cidadania e, se bem utilizados na alfabetização, podem trazer contribuições importantes também para os avanços dos alunos no processo de aquisição de procedimentos de leitor da escrita verbal e não-verbal.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA

Esta seqüência de trabalho centra-se em atividades de leitura baseadas numa proposta significativa de alfabetização. Visa, com isso, formar leitores e escritores, e não apenas decifradores do sistema.

Para organizar essa seqüência é preciso considerar:

- Os conhecimentos prévios dos alunos. Neste caso, o grau de familiaridade com esse tipo de texto. Ou seja, é preciso saber que conhecimentos os alunos já têm sobre as embalagens e etiquetas. O que imaginam que possa estar escrito e onde podemos encontrá-las.

- Os conhecimentos dos alunos sobre o sistema alfabético. Quais alunos já são capazes de ler e quais são capazes de antecipar o significado de uma mensagem apoiados em recursos como as imagens, por exemplo.- As características concretas do grupo. Como se trata de atividades que os alunos realizarão em grupos, saber o que os alunos já sabem é fundamental para organizar bons agrupamentos.

- As diferenças individuais. Possivelmente há diferenças no grupo em relação ao conhecimento sobre os textos com os quais se trabalhará. Conhecer e levar em conta esse conhecimento é importante para se definir quais resultados de aprendizagem podem ser esperados.

OBJETIVOS

Ao final das atividades, espera-se que o aluno esteja apto a:

- Reconhecer situações em que faz sentido buscar informações nas embalagens e etiquetas.

- Identificar o tipo de informação possível de ser encontrada em cada texto desses portadores.

- Identificar as principais informações trazidas nas embalagens e nas etiquetas.

- Utilizar estratégias de leitura para buscar informações nos textos: antecipar o significado; utilizar as informações não verbais; utilizar o conhecimento de mundo; auto corrigir

-se quando as antecipações não forem confirmadas pelo texto.

RECURSOS DIDÁTICOS•

Embalagens de produtos diversos

•Etiquetas ou reproduções das mesmas (destas que vêm pregadas no interior dos tênis, nas roupas de cama, de mesa e banho e nas vestimentas pessoais)

•Papel sulfite

•Cola

ORGANIZAÇÃO DA SALA

Cada tipo de atividade exige uma determinada organização.

1ª atividade – pequenos grupos de no máximo 4 alunos. Garanta que cada grupo tenha alunos com mais informação e aluno com menos informação.

2ª atividade – com a sala toda. Organize um círculo.

3ª atividade – em pequenos grupos.

Podem ser os mesmos grupos da atividade

1. É importante que os alunos trabalhem com o mesmo grupo durante um tempo para melhorar o relacionamento com os colegas.

DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES/PROCEDIMENTOS
1º dia –
atividade 1

Leve para a classe embalagens e etiquetas que você recortou. Se não for possível, faça reproduções (tire cópias de embalagens para manter as características originais do portador). Tente garantir embalagens e etiquetas de produtos que sejam comuns onde você mora.Isso é importante para que alunos possam antecipar significados. Se o produto não for conhecido esta antecipação ficará prejudicada.

Organize grupos.

Cada grupo recebe uma embalagem ou etiqueta.

As crianças devem identificar qual o produto e o que deve estar escrito.

Entregue a embalagem e peça ao grupo para responder:

Qual é o produto?

Para que ele serve?

O que deve estar escrito na embalagem?

Onde está o nome do produto? (Peça para que apontem).

Quais outras informações devem estar escritas?

Por que existem letras grandes e letras pequenas?

Peça para que colem a embalagem recebida no papel sulfite e apresente para a sala.

Como lição de casa, solicite aos grupos que procurem outras etiquetas e embalagens.

dia - atividade 2

Vamos achar a embalagem?

Recolha as embalagens trazidas pelos alunos.

Cole-as na lousa.

Organize um círculo com os alunos de forma que todos possam ver todas as embalagens. Diga à turma que todos vão participar de um jogo. Você diz o nome de um produto e as crianças devem procurar na lousa onde está a embalagem correspondente. Combine algumas atitudes com os alunos. Levantar a mão, por exemplo, quando achar. Se podem ou não levantar do lugar para procurar melhor. Se precisarem de dicas, devem pedi-las.Comece o jogo. Fale o nome do primeiro produto. Você pode também iniciar por dicas: “Serve para escovar o dente”; “ Usamos quando vamos lavar o cabelo”. Chame os alunos para pegar e embalagem. Explore as informações da embalagem. Verifique o prazo de validade e discuta por que essa informação aparece na etiqueta. Leia as informações sobre a composição e armazenamento do produto e todas outras informações importantes que estão na embalagem.

Discuta com os alunos o que pode acontecer com alguém que compra um produto sem ler a embalagem.Orientação: Durante o jogo, vá chamando os alunos. Para aqueles com menos informação dê dicas do tipo “Começa com a mesma letra do seu nome”, “ Tem seis letras”.Lição de casa: peça às crianças que perguntem aos adultos com quem moram se costumam ler as embalagens quando vão comprar algum produto.

3º dia - atividade 3

Leve para a sala de aula etiquetas diversas. Em pequenos grupos os alunos devem identificar quais mensagens devem estar escritas em cada uma delas. Pergunte onde podem ser encontradas.

Explore alguns símbolos muito utilizadas por essas etiquetas, como indicações de como lavar, como passar etc. Você pode também pedir para identificar o tamanho da roupa, se estiver trabalhando com peças de vestuário. Como eu posso fazer para ter certeza que a roupa irá me servir, sem vestir a roupa?

SUGESTÃO PARA TRABALHO INTERDISCIPLINAR

As atividades com etiquetas e embalagens permitem fazer conexões com outras áreas de conhecimento. Ao trabalhar com embalagens, pode-se classificar os produtos por sua origem, discutir processos de industrialização e uso de tecnologia. Outra possibilidade é a conexão com a Matemática. As atividades também podem estar relacionadas com a educação para o consumo e podem possibilitar estudos temáticos: alimentação, brinquedos etc.

AVALIAÇÃO:

Observe a produção dos alunos e registre-a conforme a pauta de avaliação abaixo:

1-Identifica o produto nas embalagens;

2-Utiliza as imagens e o contexto para antecipar o significado;

3- Não precisa das imagens para dar significado ao texto;

4-Reconhece as situações de uso das embalagens e etiquetas .

BIBLIOGRAFIA:
Psicopedagogia da língua escrita – AnaTeberosky - Editora Unicamp

Escrever e ler – volumes 1 e 2 – Lluís M. Curto, Maribel M.Morillo e Manuel M. Teixidó – Artes Médicas

Aprendendo Português – César Coll e Ana Teberosky – E. Ática

Aprendizagem da Linguagem escrita – Liliana T. Landsmann – E. Ática.

Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos: apresentação dos temas transversais / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

As atividades abaixo, eu realizei com os meus alunos como forma de enriquecer ainda mais, o brilhante trabalho desta autora.

Quando fiz este projeto com uma turminha de primeiro ano, após seguir as dicas de projeto acima, elaborei outras aitvidades para dar sequência.

1- coloquei as embalagens no chão e pedi que agrupassem seguindo algumas orientações como, produtos para limpeza, higiene e alimentação, então, fizemos um cartaz com alguns;

2- Em seguida, solicitei que agrupassem de acordo com a letra inicial de cada produto, deixando os rótulos que iniciavam com a mesma letra, juntos.

3- Por último, montamos o alfabeto com os rótulos e embalagens selecionados, pesquisando, conseguimos produtos até para as letras K,W e Y. Depois de pronto, cada um copiou para seu caderno, os produtos utilizados na confecção do alfabeto (em ordem

alfabética, é claro);

4- Levei uma folha com um espaço em branco e uma tabelinha, cada criança ganhou um BIS (chocolate), depois de saborear, deviam colar o bis no espaço branco da folha e responder a tabela com as informações

solicitadas.

5- Para reforçar

o aprendizado, confeccionamos um baralho de rótulos, ficou bem legal.

Cada criança recebia 3 cartas e ía comprando na sua vez, quem pegasse o lixo deveria ficar com todas as cartaz dele.

O objetivo do jogo, é forar a sequência correta, escrevendo o nome da palavra.

No final da atividade, cada criança colava o seu conjunto de carta no caderno e preenchia da seguinte forma

a- Escrever o nome do produto (letra bastão e cursiva);

b-Pintar letras iniciais e finais com cores pré determinadas;

c-Escrever ao lado, número de letras e número de sílabas.


Créditos para http://cantinhoencantadodaeducacaoinfantil.blogspot.com/


Segue para download mais um recurso para o projeto Rótulo (retirado do curso Pró Letramento - Linguagem).

SEQÜÊNCIA DIDÁTICA PARA UMA SALA DE ALFABETIZAÇÃO PRESSUPOSTO TEÓRICO: SOCIOINTERACIONISMO OBJETO DE ENSINO: GÊNERO TEXTUAL “RÓTULO”

Beijos - Joelma Couto.


3 comentários:

  1. OI, gostei muito do seu projeto, obrigada vc me deu uma luz.....Bjs
    me ajudou nas idéias, Obrigada.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Folheados