Curta a nossa página!

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

2 de Janeiro - Graças a Deus pelo seu amor incondicional e cuidado constante.

2 DE JANEIRO
ANJOS
LEITURA BÍBLICA:
SALMO 34.5-8
(O ANJO DO SENHOR É SENTINELA AO REDOR DAQUELES QUE O TEMEM, E OS LIVRA (SI 34.7).
O Antigo Testamento é rico em narrativas de intervenções de anjos, como no caso de Daniel na cova dos leões, cujas bocas foram fechadas pelo anjo do Senhor. Abraão hospedou criaturas angelicais, que se passavam por homens. Ló foi retirado de Sodoma por ação direta de anjos. O ministério de Jesus está pleno de anjos, desde a anunciação do nascimento de João Batista, seu precursor, sua própria anunciação, o coro angelical em seu nascimento, entre outras narrativas, como quando foi servido por anjos após a tentação no deserto. Pedro foi liberto da prisão por anjos. As Escrituras esclarecem que os anjos são criaturas de Deus e que são seus ministério entre nós não cessou. Ainda hoje não poucas vezes atuam a serviço de Deus em nossas circunstâncias - geralmente de forma despercebida. Mas a pergunta é: como lidar com eles? O que esperar deles? Há gente que acaba sucumbindo à tendência esotérica de fazer-lhes pedidos diretamente. Quem assim faz, comete pelo menos dois equívocos: o primeiro, mais grave, é deixar de apresentar as necessidades ao nosso Deus a quem nossas orações devem ser direcionadas. As Escrituras nos ensinam a levar as ansiedades perante o trono da graça, e dele, exclusivamente dele, esperar socorro - que poderá ser dado de várias maneiras, inclusive pelo envio de seres angelicais. O segundo equívoco, que no fundo decorre do primeiro, é esquecer-se de que os anjos não agem por vontade própria, mas são enviados do próprio Deus, a serviço de quem se encontram. E o que esperar deles? Que cumpram o que o Pai lhes determinar, pois nosso Deus é quem está no controle - e seu amor é muito além da compreensão. - MHJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Folheados